quarta-feira, 1 de março de 2017

Resumo: Imaginação e Arte


As linguagens da arte

Três grupos:
·         Artes visuais
·         Artes cênicas (teatro e dança)
·         Música

Artes cênicas
·         Especificidade: espetáculo - só existe na relação entre artista e espectador
·         Característica: conjunto de artistas – atores e bailarino

Dança
·         Tem muitas características próprias
·         Pode variar conforme a cultura, o contexto histórico e os artistas envolvidos
·         Pode ser improvisada ou coreografada.

Teatro tradicional – formado por cenas compostas
·         Espaço – onde a cena acontece
·         Personagem – quem executa a ação
·         Ação – o que o personagem faz na cena.

O conjunto de cenas forma a narrativa (história contada)
As histórias acontecem por meio de conflito = embate entre duas vontades.
O conflito pode se dar entre o personagem : algo externo a ele; algo interno – duas vontade opostas.

Profissionais das artes cênicas: dramaturgo, diretor, coreógrafo, atores, bailarino ou intérpretes, iluminador, músicos, cenógrafo, figurinista e maquiador.

Drama:
·         Encenação
·         Texto transformado em ação, dramatizado.
·         Gênero teatral

Gêneros mais comuns no tetro ocidental: comédia, tragédia, drama, farsa, auto, ópera, musical, tragicomédia (misto), melodrama (drama + musical)

A comédia e a tragédia deram origem a outros gêneros.

Origens do teatro grego

Ditirambo – aproximadamente século VII a.C. : ritual sagrado em homenagem ao deus Dionísio – deus do vinho e da fertilidade.

Natya Shastra:
·         Um dos mais antigos escritos sobre as artes na ìndia, aproximadamente entre 200 aC e 200 dC.
·         O livro fala dos espetáculos dessa época e das formas de apresentação: dança, teatro e música.

Téspis: primeiro ator e que se tem conhecimento. Viajava de cidade em cidade, organizando orações do ditirambo, que aos poucos se transformaram em dramatizações com texto e música.
Para se entender a função original do teatro na Grécia é preciso considerar dois pontos importantes:
·         A sociedade grega vivia sob os conceitos de mitos para entender a vida
·         Nessa época existia uma mentalidade civilizatória fundamentada na crena e costumes, filosofia, arte, normas sociais e a política eram pressupostos de uma sociedade ideal.
O teatro foi parte fundamental nesse processo.

Mitologia – estudo dos mitos.
Mito vem do grego mithos, que significa “fábula”, acontecimento imaginado.

Deuses:
Zeus (júpiter)– deus dos deuses
Hera (juno)– protetora da família
Palas Atena (Minerva)– deusa da prudência, das ciências e das artes.
Pã (Netuno)– deus dos caçadores
Possêidon – deus do mar
Héstia (Vega)– deusa do fogo
Febo (Apolo) – deus da música, da poesia, da medicina e dos oráculos
Ártemis (Diana) – deusa das florestas
Deméter(Ceres) – deusa da agricultura
Hefesto (Vulcano) – deus do fogo
Hermes (Mercúrio) – mensageiro dos deuses
Ares (Marte) – deus da guerra
Afrodite (Vênus) – deusa da beleza, do amor, dos casamentos e nascimentos
Eros (Cupido) – deus do amor
Hades (Plutão) – deus dos infernos
Erineas (Fúrias) – Executa as sentenças do inferno
Dionísio (Baco) – deus da fertilidade, da sensualidade, do vinho. Patrono do teatro.
Príapo ( Phalos) – deus da fecundidade.

BIBLIOGRAFIA
FRENDA, Perla; GUSMÃO, Tatiane Cristina e BOZZANO, Hugo Luís Barbosa. Arte em interação. 1. Ed. – São Paulo: IBEP, 2013

Pesquisar aqui

Frase do dia