quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Psicanálise e Educação

No texto Pensando o Pensamento, Freud explica como ocorre o processo do pensamento: prático, cognitivo e crítico. Esclarece a importância do pensamento reflexivo como motivação intrínseca em relação a alguma ação que estejamos executando, como por exemplo, o prazer em estudar. Freud explica o processo da aprendizagem em três momentos. No último momento mostra que ela é um processo complexo, feito através da construção solidária, no qual o sujeito é o próprio construtor do conhecimento. E fala da importância da comunicação para a construção do ser social, da construção do conhecimento e da identidade do ser.
No texto Psicanálise e Educação, a principal contribuição de Freud é mostrar o quanto é difícil educar, portanto a psicanálise propõe-se a ajudar aos educadores a pensar em sua dificuldade de educar. Ele fala das dificuldades e dos desafios de educar, onde considera uma missão impossível, tal qual governar e psicanalisar, não porque educar seja impossível, mas porque é um processo que não terá um êxito pleno, visto que o sujeito está sempre em construção de conhecimento.
Freud fala da importância da maturidade e integridade do sistema nervoso para o desenvolvimento cognitivo e afetivo do ser humano, mas ressalta que o processo da aprendizagem está associado aos processos culturais. Propõe ao educador como tarefa primeira ensinar a criança a controlar seus impulsos. A criança precisa aprender a ouvir não e o educador deve encontrar o momento e a maneira de proibir usando o bom senso. Ele também diz que não há métodos pedagógicos que sejam bons para todas e quaisquer educandos, por isso o educador deve ter um olhar individualizado sobre cada aluno, destaca, portanto a importância de sabermos olhar e conhecer os nossos alunos.
A Psicanálise contribui para com o processo de construção da identidade, fato fundamental para nós educadores que precisamos compreender os devaneios, anseios e objetivos dos nossos alunos. Ela favorece o entendimento do pensamento, pois para ela a aprendizagem implica a aquisição de informação aliada à investigação e a reflexão é necessária para a construção do conhecimento.
Resumindo, as contribuições da Psicanálise à educação são as seguintes: ajudar aos educadores, entender o funcionamento do pensamento, as relações interpessoais, aprendizagem por identificação que é fundamental na relação professor-aluno no processo ensino aprendizagem.

Notas
Os textos que serviram de base para esta reflexão foram: Aprendizagem e desenvolvimento: o que vem primeiro?  E Falando de aprendizagem de Maria Apparecida Mamede-Neves. Cadernos da disciplina Concepções de Aprendizagem do curso de especialização pela PUC-Rio: 2009

Maria Umbelina M. Gadelha
Disciplina: C.A  Concepções de Aprendizagem
Mediadora: Andrea Duque
Curso: Especialização em Tecnologia
Puc/Rio

Pesquisar aqui

Frase do dia